A pirâmide populacional do Brasil mudou. De acordo com os dados do IBGE, o país continua predominantemente jovem, mas a participação das pessoas com menos de 30 anos caiu na última década de 49,9% para 43,3%. Do outro lado, as pessoas com mais de 50 anos já representam 25% da população.

Por isso, profissionais com acima de 50 são uma força de trabalho que pode ser muito bem aproveitada pelas organizações. A experiência e as habilidades adquiridas serão decisivas para o sucesso. 

Se o comprometimento e permanência no mesmo emprego tem sido cada vez mais raro para os jovens que entram no mercado de trabalho, os profissionais acima de 50 anos costumam ter esses dois pontos como diferenciais positivos.

Mas de que forma uma empresa pode abrir as portas para atrair profissionais 50+? Para facilitar a inclusão, é preciso adotar abordagens e políticas específicas.

Valorize a experiência

Profissionais com 50 anos ou mais trazem décadas de experiência. Valorizar essa trajetória é fundamental para promover a inclusão. 

Reconhecimento de conquistas passadas

Destacar as realizações desses profissionais demonstra respeito e apreço pela jornada deles.

Programas de mentoria reversa

Promover a troca de conhecimentos entre gerações nos quais profissionais mais jovens aprendem com a experiência dos mais velhos e, por sua vez, estes conhecem mais sobre novas tecnologias e ferramentas de trabalho.

Flexibilidade e adaptação

Profissionais mais experientes possuem diferentes necessidades e preferências que podem ser adequadas no ambiente de trabalho. Permitir horários flexíveis ou opções de trabalho remoto ajudam a conciliar as responsabilidades profissionais com os desejos pessoais.

Atualização profissional

A rápida evolução das tecnologias e práticas profissionais requer um compromisso contínuo com o desenvolvimento. As empresas podem facilitar isso por meio de programas de treinamento que ajudam a manter os profissionais mais velhos relevantes no mercado de trabalho.

Acesso a novas tecnologias

Garantir que esses profissionais tenham acesso às ferramentas e tecnologias mais recentes é essencial para facilitar a inclusão no dia a dia de trabalho.

Como tornar um ambiente mais inclusivo

Conscientização sobre etarismo

Oferecer treinamentos para conscientização sobre viés etário pode ajudar a eliminar preconceitos e estereótipos associados aos profissionais com mais de 50 anos.

Participação em projetos 

Incentivar a atuação em projetos com equipes multidisciplinares promove a colaboração e o compartilhamento de diferentes perspectivas.

A inclusão de profissionais com 50 anos ou mais nas empresas não é apenas uma questão de equidade, mas também uma abordagem estratégica para o sucesso organizacional. Ao adotar práticas inclusivas, as empresas podem construir equipes mais resilientes, inovadoras e bem-sucedidas em um mercado de trabalho em constante evolução.

Para receber mais dicas siga nossas páginas no Instagram e no LinkedIn. Confira outros artigos no blog da Pyou