Liderança remota: desafios e oportunidades

O trabalho remoto tem pontos de vista diferentes. Um estudo feito pela Microsoft em 11 países, incluindo o Brasil, mostra que 85% dos gestores não confiam que seus colaboradores possuem a mesma produtividade no modelo híbrido ou em home office. 

O assunto é polêmico. Na mesma pesquisa, ao mesmo tempo que desconfiam dos colaboradores, 87% dos mais de 20 mil líderes entrevistados, garantem que o trabalho deles funciona muito bem no formato remoto. 

Até uma nova expressão surgiu. A “productivity paranoia” (paranoia da produtividade, em tradução livre) entrou na lista do vocabulário da tradicional publicação The Economist. 

Contradições à parte, é certo que nesse cenário os gestores de recursos humanos enfrentam desafios únicos na liderança. O que também é uma oportunidade para o desenvolvimento de novas habilidades e de estratégias para aproveitar o potencial das equipes virtuais. 

Desafios da Liderança Remota

Comunicação eficiente 

A comunicação é a espinha dorsal de uma equipe bem-sucedida. No home office, a comunicação pode ser afetada pela falta de interações presenciais. Sem atenção com a clareza das mensagens, mal-entendidos e desconexão entre os membros da equipe se tornam comuns. Por isso, os gestores de RH devem garantir canais de comunicação claros e eficientes, além de incentivar a comunicação transparente das equipes.

Confiança

A confiança é essencial para uma liderança eficaz e, de acordo com a pesquisa mencionada acima, é um dos principais pontos de atenção da liderança. Construir e manter a confiança entre os líderes e suas equipes é desafiador. Para chegar lá, os gestores de RH precisam ter empatia, oferecer apoio e disponibilidade para ouvir as preocupações dos colaboradores.  Em um ambiente de confiança, todos vão se sentir confortáveis e engajados, inclusive os líderes. 

Desempenho

A avaliação do desempenho individual e coletivo garante que a equipe atinja suas metas e objetivos. A questão é que, no trabalho remoto, a gestão do desempenho pode ser mais complexa. Cabe aos gestores buscar ferramentas e definir indicadores para acompanhar o progresso dos colaboradores e identificar áreas de melhoria.

Gerenciamento de Conflitos 

O home office evita o trânsito diário, mas não é à prova de conflitos. Eles aparecem em qualquer ambiente de trabalho e, no contexto remoto, podem piorar pela falta de interações presenciais e comunicação não verbal. Os gestores de RH devem se preparar para mediar discussões e promover um ambiente de colaboração e respeito.

Oportunidades da Liderança Remota

Flexibilidade e Autonomia 

Com mais controle sobre suas rotinas e ambientes de trabalho, os colaboradores podem ter um aumento da satisfação e da motivação no trabalho. 

Diversidade e Inclusão

Com a possibilidade de contratar talentos de diferentes regiões ou países, o trabalho remoto permite a formação de equipes mais diversas, que acrescentam perspectivas e habilidades para a empresa.

Recursos Tecnológicos

A liderança remota utiliza ferramentas e plataformas tecnológicas. Os gestores de RH podem aproveitar essas soluções para facilitar a colaboração, o compartilhamento de informações e a gestão eficiente de equipes virtuais.

Mais produtividade

Estudos indicam que equipes remotas podem ser mais produtivas em determinadas situações. Com o apoio adequado, os gestores de RH podem estimular a produtividade e o engajamento dos colaboradores.

O que fazer para melhorar a Liderança Remota

Comunicação Proativa

Fazer reuniões virtuais regulares, estimular o uso de ferramentas de chat para trocas rápidas e promover um ambiente de feedback aberto.

Engajamento Social

Criar oportunidades para interações sociais entre os membros da equipe, como reuniões informais, sessões de happy hour virtual ou atividades de integração online.

Ter expectativas claras 

Horários, metas e padrões de desempenho devem ser combinados com objetividade. Certifique-se de que todos compreendam suas responsabilidades.

Desenvolvimento profissional

Ofereça oportunidades de desenvolvimento profissional, como treinamentos e cursos online, para apoiar o crescimento contínuo dos colaboradores e da equipe.

Cultura organizacional

É importante manter a cultura da empresa mesmo à distância. Com eventos virtuais e ações de comunicação, é possível promover os valores e a identidade da organização para fortalecer a sensação de pertencimento.

Ao promover uma cultura de comunicação aberta, confiança e flexibilidade, os gestores de RH podem garantir que suas equipes virtuais sejam engajadas, produtivas e alinhadas com os objetivos organizacionais. Ações que podem impulsionar o sucesso da empresa em um mundo cada vez mais conectado digitalmente.

Para receber mais dicas siga nossas páginas no Instagram e no LinkedIn. Confira outros artigos no blog da Pyou