Há pouco tempo, trouxemos um artigo sobre a melhor forma de um líder cobrar sua equipe. Porém, há ocasiões em que uma tarefa não é executada ou feita de maneira insatisfatória porque o funcionário não entendeu o que deveria fazer. Onde estava o problema? Na comunicação. 

Um levantamento feito pelo Duolingo, em conjunto com o LinkedIn, trouxe um dado importante sobre a comunicação dos líderes: 48% dos trabalhadores da geração Z e Millenial se sentem “deixados de lado” por conta dos jargões corporativos que eles não entendem. 

Além disso, a pesquisa vai direto no ponto acima: metade dos entrevistados afirmou que cometeu erros porque não entendeu uma frase. 

Mas os termos técnicos ou jargões são só uma parte do problema. A comunicação eficiente é uma das habilidades mais requisitadas e envolve diferentes aspectos. Por isso, trouxemos dicas para a liderança se comunicar com excelência:

A conversa começa com a escuta

O escritor americano Ernest Hemingway diz: “Quando as pessoas falam, ouça completamente. A maioria nunca ouve”. A comunicação não se trata apenas de falar, mas também de ouvir. Um bom líder deve ser um ouvinte ativo, dar atenção aos membros da equipe e demonstrar interesse nas opiniões e preocupações. 

Seja claro e conciso

Aqui voltamos ao problema dos jargões. Muitos líderes utilizam termos difíceis e estritamente técnicos para demonstrar credibilidade, mas acabam por não se fazer entender. Evite termos desnecessários que possam confundir ou alienar os membros da equipe. Expresse suas ideias de forma simples e direta, garantindo que todos entendam a mensagem principal.

O bom comunicador reconhece o contexto

Você já percebeu que, a depender do lugar em que você está, é necessário se expressar com diferentes tons e palavras? Com as pessoas é a mesma coisa. Cada um possui diferentes estilos de comunicação e níveis de compreensão, inclusive quando temos diferentes gerações no mesmo espaço. Como líder, é preciso adaptar sua forma de se comunicar para atender às necessidades individuais. Alguns podem preferir comunicação escrita, enquanto outros podem se beneficiar de conversas presenciais. Esteja aberto a diferentes canais e estilos de comunicação.

Valorize as ferramentas de comunicação

No ambiente de trabalho atual há diversas ferramentas de comunicação disponíveis, como e-mails, mensagens instantâneas e videoconferências. Domine essas ferramentas e escolha a mais apropriada para cada situação. Lembre-se de que, em alguns casos, a comunicação presencial pode ser não só mais eficaz, mas também mais próxima para tratar de temas mais delicados. 

Dê feedback regularmente

É essencial fornecer feedback para a equipe. Reconhecer o bom trabalho, identificar áreas de melhoria e fornecer orientação construtiva. O feedback deve ser específico, objetivo e baseado em fatos. O gestor deve evitar críticas negativas e generalizadas.

Esteja aberto ao diálogo

A comunicação não é unidirecional. É preciso incentivar o diálogo e encorajar a participação de todos. Estimule uma cultura de comunicação aberta e transparente para que todos se sintam à vontade para expressar suas opiniões, fazer perguntas e compartilhar ideias. 

Seja um exemplo

O líder é um modelo. Sua forma de se comunicar define o tom para a equipe. Portanto, seja um exemplo positivo, mantenha uma postura profissional, ouça com atenção e seja respeitoso. Evite comunicação agressiva ou desrespeitosa. Isso atrapalha a confiança e prejudica a motivação da equipe.

Por meio da comunicação clara, os líderes transmitem sua visão, orientam a equipe, resolvem problemas e promovem um ambiente de trabalho saudável. Além, é claro, de evitar repetições e erros nas tarefas diárias.  

Para receber mais dicas siga nossas páginas no Instagram e no LinkedIn. Confira outros artigos no blog da Pyou