A importância do RH para incentivar o upskilling

A pessoa certa para uma função precisa reunir diferentes habilidades que a tornam capaz de lidar com os desafios e oportunidades de uma empresa. No entanto, a contratação de talentos é um problema mundial. 

No Brasil, a estimativa é de que 80% dos empregadores enfrentam dificuldade para encontrar o profissional ideal para uma vaga.

Por isso, uma das formas de compensar essa lacuna é preparar os funcionários com novas habilidades e torná-los capazes de cumprir suas funções com eficiência. Esse processo de ajuda dos profissionais de uma equipe para desenvolver ou aprimorar competências chama-se upskilling.

Diferentes formas de upskilling

Há muitas maneiras e formatos de upskilling. Elas podem ser a partir de educação formal, como um MBA, uma pós-graduação ou um curso específico. Mas esse processo também pode acontecer por meio de mentorias, aprendizado online, treinamentos e cursos de extensão. 

Em qualquer um dos modelos é possível trabalhar as chamadas hard skills (habilidades técnicas) e as soft skills (competências comportamentais). 

Além de ajudar na escassez de talentos, processos efetivos de upsklling melhoram a retenção, a atração e o engajamento dos profissionais.  

Como o RH ajuda nessa tarefa

A liderança de recursos humanos desempenha um papel fundamental na facilitação e incentivo ao upskilling nas empresas, desde a liderança até as funções mais operacionais. 

Veja algumas formas de se aplicar isso no dia a dia da sua empresa:

Quais são as necessidades?

O primeiro passo é identificar quais são os pontos de melhoria. O RH deve trabalhar em colaboração com os líderes de equipe e gestores para entender quais são as habilidades necessárias para atender aos objetivos organizacionais. 

Além de pesquisar entre os profissionais da empresa quais são as competências a serem desenvolvidas, é fundamental olhar para fora e analisar quais habilidades serão as mais necessárias para acompanhar as mudanças do setor. 

Programas de treinamento

Existem consultorias e especialistas que ajudam no aprendizado de cada habilidade. Cabe ao RH entender qual o formato será mais proveitoso para as equipes e criar programas de treinamento. Eles podem ser presenciais, cursos online, workshops, palestras e outras formas de aprendizado que estejam de acordo com as preferências e necessidades dos colaboradores. 

Fechar parcerias

A liderança de RH também pode ser a ponte para fechar parcerias com instituições de ensino. Universidades, faculdades e provedores de educação online que oferecem programas de educação continuada aos funcionários. Essas parcerias ajudam no acesso a recursos, cursos de graduação, pós-graduação ou programas de certificação.

Apoio ao aprendizado contínuo (long-life learning)

Incentivar os funcionários a buscar oportunidades de desenvolvimento profissional é a melhor forma de estimular o aprendizado contínuo. Isso pode ser feito por meio de políticas de reembolso, concessão de tempo para estudo e aprendizado e recompensas para os funcionários que investem em seu desenvolvimento.

Avaliação e acompanhamento do progresso

É essencial acompanhar o progresso dos funcionários em seu processo de upskilling. Isso pode ser feito por meio de avaliações de desempenho regulares, feedbacks, revisões de metas individuais e coletivas, além da avaliação do impacto do upskilling no desempenho geral da equipe e da organização.

Incentivar o compartilhamento do conhecimento

O RH cria oportunidades para que os funcionários troquem conhecimentos e habilidades uns com os outros. Isso pode incluir programas de mentoria, grupos de estudo, fóruns de discussão ou outras formas de colaboração entre equipes e departamentos.

De acordo com pesquisa do LinkedIn, 89% dos profissionais de L&D (Learning and Development) concordam que desenvolver as habilidades dos funcionários ajuda uma organização a se adaptar para o futuro do trabalho.

O processo de upskilling traz benefícios para as empresas, que ficam mais preparadas e resilientes para os desafios do mercado, e para os profissionais, que conquistam mais chances de evoluir profissionalmente. 

Para receber mais dicas siga nossas páginas no Instagram e no LinkedIn. Confira outros artigos no blog da Pyou