Um provérbio africano diz: “se você quer ir rápido, vá sozinho. Se quiser ir longe, vá acompanhado”. 

Não há empresa capaz de se adaptar e crescer com sustentabilidade se não investir em colaboração. Por isso, as dinâmicas de team building podem fazer parte de estratégias para aumentar o engajamento dos funcionários

A depender das necessidades de cada organização, diferentes práticas são aplicadas. Elas podem ser jogos, brincadeiras e simulação de situações que ajudam em diferentes fases do processo de amadurecimento das equipes e colaboradores. 

Apresentação

Quando uma equipe se forma ou quando diferentes times de uma empresa se reúnem com um objetivo em comum, as dinâmicas de apresentação servem para que as pessoas se conheçam e criem um sentimento de confiança mútua. 

Uma das possibilidades é o Jogo dos Valores, em que pessoa coloca em um papel seus princípios pessoais mais importantes. Em seguida, os participantes sorteiam e reconhecem quem é a pessoa que se encaixa em cada item.

Comunicação

Uma das habilidades mais requisitadas nas empresas atualmente, a comunicação pode ser estimulada por meio de dinâmicas que estabelecem cumplicidade e fortalecem a sintonia entre diferentes pessoas, inclusive as mais introvertidas. 

Um exemplo é o Jogo do Espelho em que uma pessoa precisa imitar os movimentos da outra, afinando a percepção, o olhar e o entrosamento com o colega. 

Liderança

Em 2022, a maioria dos executivos que foi demitida não contava com habilidades de líder que o mercado de trabalho exige. Nesse contexto, pode ser usada uma dinâmica que ajude o funcionário a visualizar conceitos como a importância de motivar um time ou solucionar um problema em equipe, independentemente da hierarquia. 

Uma das formas utilizadas em várias empresas é a dinâmica do Barco à deriva, em que as pessoas são divididas em diferentes grupos e devem eleger um líder para construir um barco que possa transportar todo o time. 

Resolução de conflitos

Mudanças geram ansiedade e estresse. Em um cenário de constantes transformações é natural que diferenças entre as pessoas apareçam e levem a conflitos que impactam na produtividade e no engajamento. É importante mostrar que para a abordagem de uma mesma situação existem diferentes pontos de vista que, somados, servem para criar soluções criativas. 

Para isso, a dinâmica da caixa surpresa é um bom começo. Nela, as pessoas são divididas em grupos e, sem olhar, retiram objetos de uma caixa. Depois, elas precisam desenvolver ideias sobre como utilizá-los de forma original e apresentar para os outros grupos que, certamente, trarão mais possibilidades sobre o objeto. 

Escolher a dinâmica certa

Antes de planejar uma dinâmica com sua equipe, é fundamental entender os pontos de atenção e qual deve ser objetivo dessa atividade. Além disso, o desenvolvimento de uma proposta como essa precisa considerar o perfil das pessoas. 

Quando utilizadas para o objetivo correto e de forma que tenham aderência a um determinado grupo, as dinâmicas de team building ajudam no desempenho da equipe e estimulam um ambiente de trabalho mais saudável.

Para receber mais dicas siga nossas páginas no Instagram e no LinkedIn. Confira outros artigos no blog da Pyou