Mais do que quantidade, qualidade. Em vez de receber uma enxurrada de currículos, encontrar os candidatos compatíveis com o seu negócio. De acordo com pesquisa da ISK Consultoria, 84% das empresas possuem dificuldades para encontrar talentos e facilitar esse processo é o principal objetivo do marketing de recrutamento.  

A comunicação em redes sociais aumentou muito o poder de segmentação e nenhuma empresa deve desperdiçar a chance de utilizar o “match” a seu favor. Por isso, trouxemos dicas para você criar uma estratégia certeira para atrair os melhores candidatos. 

Tudo é marketing

A ideia é utilizar as técnicas do marketing para atração de talentos. Assim como acontece em qualquer estratégia de marketing, há cinco pontos pelos quais você precisa passar para aprimorar seu recrutamento: planejamento, criação da persona, produção de conteúdo, distribuição e mensuração de resultados. À primeira vista, é comum confundir o marketing de recrutamento com marca empregadora (employer branding), mas elas são diferentes. Employer branding é como você mostra o posicionamento da empresa ao mercado, suas vantagens e diferenciais. No marketing de recrutamento, você vai se comunicar com profissionais que tenham mais aderência aos atributos da sua marca e podem gerar melhores resultados lá na frente. 

Vantagens para o negócio

A persona é o conceito do marketing que resume as características do cliente perfeito para o seu negócio. No caso, em vez de um cliente, pensamos no profissional ideal para sua empresa. Quando você se comunica diretamente com as pessoas que contam com as características necessárias para trabalhar na sua empresa, você economiza tempo e dinheiro na avaliação de perfis que não estão nos planos da organização. Candidatos alinhados ao seu negócio também tendem a ser mais produtivos e formar equipes de alto desempenho. Sem falar que uma estratégia bem-sucedida de marketing de recrutamento ajuda na retenção e engajamento dos candidatos. 

Conteúdo é rei, mas a forma é tudo

Ao trabalhar as comunicações para os candidatos, todas as etapas devem ser pensadas para impactar o perfil que sua empresa deseja. Oferecer conteúdo é indispensável, mas é importante não se esquecer sobre como esse conteúdo vai chegar. A linguagem dos textos, a interface da página de inscrição, os benefícios destacados e os canais de distribuição devem estar de acordo com o comportamento e o interesse profissional desses candidatos. A descrição da vaga anunciada também precisa levar em conta o perfil ideal. Aliás, é importante levar em conta que os objetivos e desafios de carreira são muitas vezes mais relevantes do que dados demográficos como a idade ou a formação acadêmica. 

Além do marketing: cuide da experiência 

Da mesma forma que acontece com produtos e serviços, uma boa estratégia de marketing de recrutamento pode ser arruinada se a experiência do candidato não for boa. O processo de recrutamento e seleção precisa ser transparente, ter uma comunicação clara e eficiente, priorizando os canais preferidos dos candidatos. O feedback – positivo ou negativo – também precisa ser ágil. É fundamental ter em mente que o objetivo de uma estratégia de marketing é construir um relacionamento. No marketing de recrutamento, o sucesso é quando os candidatos, mesmo se não aprovados, se interessam em participar de outros processos seletivos e disseminam uma boa impressão da empresa.

Para receber mais dicas siga nossas páginas no Instagram e no LinkedIn

Confira outras artigos no blog da Pyou