5 dicas de LinkedIn para buscar emprego

Uma das resoluções mais comuns de ano novo é encontrar um novo trabalho. Mas ainda há quem acredite que basta preencher um perfil no LinkedIn e aguardar que um contato virá. Bem, isso até pode acontecer, mas é improvável. O LinkedIn é a maior rede profissional do mundo e, só no Brasil, são mais de 53 milhões de pessoas com perfis na rede. Ou seja, a concorrência é grande e não adianta ficar parado.  

A primeira coisa que é preciso ter em mente é que você precisa preencher (e bem!) seu perfil. Só uma boa foto já aumenta em 21 vezes a chance de ser encontrado. Mas também é preciso ter uma atividade constante na rede para construir uma boa marca pessoal e aumentar sua visibilidade para atrair recrutadores. Pensando em deixar seu LinkedIn pronto para receber uma proposta de trabalho, separamos 5 dicas para usar o LinkedIn como ferramenta profissional. 

Tenha uma estratégia

É importante definir como você pretende dar o próximo passo na carreira. Faça o exercício para identificar pontos essenciais que você deseja em seu próximo trabalho e elimine aquilo que você não pretende fazer novamente. Separe os setores mais próximos do seu conhecimento, pesquise empresas com uma cultura organizacional que faça sentido para você e, a partir disso, comece a localizar pessoas, organizações e vagas desse cenário profissional que você desenhou para seu futuro. 

Faça uma lista de ex-colegas 

Quem não é visto, não é lembrado. Essa máxima vale também nas redes sociais. Em vez de publicar conteúdo só para ganhar uns biscoitos a mais, procure localizar as pessoas certas que podem fazer a diferença no mundo real. Conecte-se com antigos colegas de faculdade e de outros empregos. Mostre que você está procurando uma nova oportunidade e se ofereça para ajudar quando necessário.  

Pesquise, siga e interaja com as empresas que estão no seu radar

Sair atirando para todo lado vai drenar sua energia, mas não vai garantir bons resultados. O ideal é que você identifique primeiro as empresas mais alinhadas aos seus objetivos de carreira. Comece visitando as listas que o LinkedIn divulga, duas delas já servem como ponto de partida: as Top Companies e as Top Startups. Quando você segmenta seus interesses a probabilidade de receber conteúdo e vagas mais apropriadas ao seu perfil aumenta muito. Outra dica é seguir empresas de recrutamento e seleção em busca de profissionais qualificados para seus clientes. 

Revise o seu resumo

A seção “Sobre” é uma das mais importantes do seu perfil. É nela que você pode se apresentar, contar seus principais marcos da carreira e também deixar claro quais os seus objetivos para o momento. Então, confira se o que você escreveu no “Sobre” do seu perfil está de acordo com aquilo que você busca no momento. Essa dica é ainda mais valiosa para quem deseja fazer uma transição de carreira e precisa sinalizar que procura uma oportunidade diferente do que tem feito ao longo de sua trajetória. 

Utilize materiais multimídias

Um dos equívocos mais comuns na hora de preencher o perfil é falar apenas da sua rotina no trabalho. Lembre-se que para atrair um recrutador é importante contar como seu trabalho ajudou nos resultados das empresas por onde você passou e também em relação aos seus objetivos profissionais. Por isso, uma das formas para destacar suas conquistas é utilizar imagens, vídeos e links que exemplificam e ilustram projetos em que você participou, liderou ou, de alguma forma, ajudou a construir. Por exemplo, se você é um redator e escreveu o texto de um anúncio, publique o anúncio em sua experiência e descreva qual foi o seu papel na realização desse projeto. 

Para receber mais dicas siga nossas páginas no Instagram e no LinkedIn

Confira outras artigos no blog da Pyou